Treinamento Nutricional para Atletas

 

 

Para ter bons resultados, assim como acontece com o treinamento físico, o programa nutricional para atletas deve ser individualizado e realizado a longo prazo. E o motivo para isso é bastante fácil de entender: cada pessoa possui características biológicas próprias, que precisam ser conhecidas e analisadas de acordo com a fase de treinamento e com o objetivo proposto - como uma prova esportiva.

 

Apesar de todos os avanços científicos e de instrumentos modernos como os exames de bioimpedância e calorimetria, o planejamento nutricional de atletas é progressivo e construído com base em uma série de respostas metabólicas, antropométricas e até psicológicas, que precisam de tempo para serem coletadas e processadas.

 

“É preciso tempo para fazer todos os testes com os pacientes. Eu também costumo dizer que o melhor planejamento é aquele que o paciente consegue fazer. Não adianta o nutricionista realizar dezenas de cálculos e bolar estratégias que não são confortáveis para o atleta, pois a tendência é ele não aplicar. O planejamento deve exigir dedicação, mas também respeitar as características e necessidades de cada indivíduo” Dr. Guilherme Cysne Rosa, Nutricionista (CRN 1199).

 

Além disso, cada modalidade impõe determinadas necessidades ao organismo humano: um corredor de 100 metros possui necessidades energéticas bem diferentes de um  maratonista. E mesmo pessoas que disputam a mesma prova podem ter características distintas: duas pessoas com a mesma idade, peso, altura e que disputam o Ironman por exemplo, podem possuir taxas de metabolismo basal completamente discrepantes.

 

“Um atleta pode metabolizar certas substâncias, como a cafeína, de forma rápida. O outro, de forma bastante devagar. Essas nuances podem interferir no rendimento e serem decisivas em uma prova. Elas precisam ser conhecidas pelo nutricionista, e isso só é possível a partir de um acompanhamento a longo prazo, com uma série de  exames e feedbacks, como percepção de esforço e os níveis de rendimento nos treinos”. Dr. Guilherme Cysne Rosa, Nutricionista (CRN 1199).

 

Os atletas também podem apresentar níveis distintos de habilidade (profissional e amador) e passar por fases diferentes na preparação física: um pode estar priorizando o volume, com treinos mais longos. O outro, pode estar treinando suas capacidades de velocidade, com maior explosão muscular e séries mais curtas.

 

O treinamento nutricional, ao mesmo tempo que permite aprender mais sobre as necessidades e características de cada atleta, tem como objetivo ajudá-los a render mais e melhor em cada fase da preparação.

 

Com o planejamento a longo prazo, pode-se identificar quais os tipos de nutrientes e alimentos mais adequados para cada pessoa, o teor de carboidratos, proteínas, lipídios e a periodização necessárias para cada atleta em determinado ciclo. Isso possibilita maior rendimento e diminui as chances de afastamento por lesões e doenças provocadas desequilíbrios nutricionais.

 

O planejamento nutricional personalizado e a longo prazo identifica quais os melhores alimentos para você em determinada situação. O seu corpo fica mais forte, resistente e se recupera melhor entre as sessões. Em resumo: você treina mais e melhor.

 

Hoje, é praticamente consenso de que atletas que não possuem acompanhamento nutricional dificilmente alcançarão o seu melhor desempenho. Também já se sabe que mudar a alimentação de um atleta pouco antes de sua prova pode ser bastante perigoso. Inserir alimentos diferentes, em quantidades diferentes, em situações de intenso estresse e desgaste físico podem fazer com que o indivíduo passe mal, e comprometer toda a preparação e a prova.

 

“O dia da prova deve ser um dia de repetição. O atleta deve repetir aquilo que foi treinado e que teve maior sucesso. E isso não inclui só os seus equipamentos e estratégias, mas também os alimentos que fizeram parte de seu treinamento nutricional” Dr. Guilherme Cysne Rosa, Nutricionista (CRN 1199).

 

Saia na frente! Comece já o seu treinamento nutricional em busca dos melhores resultados. A Cardiosport é referência em prevenção, medicina do esporte e reabilitação.

 

Sobre o autor: Dr. Guilherme Cysne Rosa (CRN 1199), nutricionista da Cardiosport, possui intercâmbio de graduação em Nutrición humana y diétoterapia pela Universitat de Valencia (2002) e graduação em Nutrição pela Universidade do Vale do Itajaí (2005). Mestrado em Nutrição - Metabolismo e Dietoterapia pela Universidade Federal de Santa Catarina (2007). Pós-Graduado em Nutrição Esportiva pela Universidade Castelo Branco (2009). Pós-Graduado em Nutrição Esportiva Funcional pela VP Consultoria Nutricional (2012). Especialista em Nutrição em Esportes por Mérito pela Associação Brasileira de Nutrição (2012). Docente do Curso de Pós Graduação em Nutrição Esportiva Funcional da UNICSUL - VP. Nutricionista do AVAÍ Futebol Clube. Proprietário e Responsável técnico da SANNUTRI Consultoria e Assessoria em Nutrição.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Cardiosport

A Clínica Cardiosport de Prevenção e Reabilitação foi fundada em 1997 e, desde então, tem como proposta a promoção de saúde.

Saúde

Agendamento telefônico

Aviso

Segunda a sexta, das 7h às 20h 

As informações em nosso site tem caráter meramente informativo e não substituem as orientações do seu médico. 

Horário de funcionamento

Segunda à sexta, das 7h às 20h30 

Responsável Técnico:

Dr. Tales de Carvalho - CRM-SC: 4557

Clínica

Siga a Cardiosport:

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Clínica Cardiosport