O que é o sopro no coração?

 

Essa é uma dúvida bastante comum no consultório. O sopro no coração nada mais é que uma alteração no fluxo sanguíneo, uma espécie de “turbulência” que o médico pode auscultar com estetoscópio e - em alguns casos - até mesmo palpar, através do frêmito (a sensação tátil da vibração). As causas para isso, no entanto, são várias. Elas podem ser inofensivas ou muito perigosas.

 

“O sopro no coração pode ser provocado por mudanças fisiológicas benignas, como a gestação, mas também pode significar que existe algo de errado com as estruturas cardíacas. Por isso, é muito importante o paciente saiba exatamente o que provoca esse sintoma e, se necessário, buscar tratamento” - Dr. Pablo de Souza, Cardiologista e Especialista em Clínica Médica (CRM 19618 / RQE 17374 / RQE 17375).

  

Abaixo, você irá entender melhor o que pode provocar o sopro no coração e o que fazer caso ele seja diagnosticado.

 

Problemas Cardíacos e Circulatórios

 

O sopro no coração pode ser provocado tanto por fatores congênitos quanto adquiridos. As causas mais frequentes estão relacionadas a alterações estruturais do próprio coração e do sistema circulatório.

 

“É comum que pacientes com problemas nas valvas cardíacas tenham sopro no coração. As dificuldades na abertura destas valvas por estreitamentos (estenoses) e as dificuldades no fechamento das mesmas (insuficiências) interferem diretamente no fluxo sanguíneo, provocando turbulências e, consequentemente, sopros” - Dr. Pablo de Souza, Cardiologista e Especialista em Clínica Médica (CRM 19618 / RQE 17374 / RQE 17375).

 

Doenças como a Febre Reumática, mais comum na infância, podem provocar alterações nas crianças ou ainda nos adultos jovens anos após o evento inicial.

 

Causas não Cardíacas

 

Doenças e condições fisiológicas que fazem com que o sangue flua de forma mais acelerada pelos vasos sanguíneos - ou que aumentam o volume de sangue no corpo - também podem provocar sopro no coração.

 

“Entre as doenças não cardíacas podemos citar as situações em que ocorram anemia aguda ou estados hiperdinâmicos ou hipermetabólicos, como no caso das infecções graves ou hipertireoidismo não tratado, fazendo com que o sangue passe pelas valvas cardíacas com fluxo turbulento” - Dr. Pablo de Souza, Cardiologista e Especialista em Clínica Médica (CRM 19618 / RQE 17374 / RQE 17375).

 

Entre as condições fisiológicas naturais que provocam o sopro no coração podemos citar a gestação e a primeira infância. Mulheres grávidas têm o volume de sangue aumentado por conta do bebê que está se formando. Já as crianças estão em processo de amadurecimento do sistema cardiovascular e apresentam um estado hiperdinâmico e metabólico próprios, com batimentos cardíacos basais (em repouso) mais acelerados do que em adultos - o que parece estar relacionado com a ocorrência de sopros fisiológicos.  

 

Diagnóstico e Tratamento

 

Como vimos, o sopro no coração pode ter várias etiologias. No entanto, é de suma importância que o paciente - quando diagnosticado com o sopro - descubra quais são as causas do seu sopro. Até mesmo crianças pequenas e mulheres gestantes, que naturalmente tendem a produzir sopro no coração, podem ter como causas principais problemas cardíacos que precisam ser tratados.

 

“O sopro no coração pode ser um achado casual ou o motivo principal de uma consulta. É importante que o médico responsável pelo diagnóstico relacione o sopro com outros sintomas clínicos” - Dr. Pablo de Souza, Cardiologista e Especialista em Clínica Médica (CRM 19618 / RQE 17374 / RQE 17375).

 

Por conta das características evolutivas das doenças cardíacas como as estenoses e insuficiências valvares, é muito importante que os pacientes com sopro no coração, mesmo aqueles com características de sopros fisiológicos, procurem um médico cardiologista. Este profissional poderá realizar uma investigação completa do sopro.

 

“Além da anamneses e do estudo clínico, o médico cardiologista poderá solicitar exames como o ecocardiograma e o eletrocardiograma, que poderão auxiliar no diagnóstico do sopro e - se necessário - ajudar a definir qual o melhor tratamento. O uso de remédios e até mesmo a realização de procedimentos cirúrgicos podem ser necessários” - Dr. Pablo de Souza - Cardiologista e Especialista em Clínica Médica (CRM 19618 / RQE 17374 / RQE 17375).

 

Cuide da sua saúde! Faça a sua consulta com médicos cardiologistas experientes e saiba com exatidão quais as causas do seu sopro no coração. A equipe da Clínica Cardiosport pode lhe ajudar. Conte conosco!

 

Sobre o Autor:  Dr. Pablo de Souza, Cardiologista e Especialista em Clínica Médica (CRM 19618 / RQE 17374 / RQE 17375), é formado em Medicina pela Universidade do Sul de Santa Catarina - UFSC, em 2013. É médico com especialidade em Clínica Médica pelo Hospital Beneficência Portuguesa (2017) e em Cardiologia pelo Instituto de Cardiologia de Santa Catarina (ICSC). Pós-graduando em Medicina do Esporte.

  

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Cardiosport

A Clínica Cardiosport de Prevenção e Reabilitação foi fundada em 1997 e, desde então, tem como proposta a promoção de saúde.

Saúde

Agendamento telefônico

Aviso

Segunda a sexta, das 7h às 20h 

As informações em nosso site tem caráter meramente informativo e não substituem as orientações do seu médico. 

Horário de funcionamento

Segunda à sexta, das 7h às 20h30 

Responsável Técnico:

Dr. Tales de Carvalho - CRM-SC: 4557

Clínica

Siga a Cardiosport:

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Clínica Cardiosport